Menu

Sensibilidade dentro do CS:GO – 3 dicas pra acertar na hora da escolha

24/09/2018 13:20

Muitas vezes relacionamos jogar bem um FPS com bons periféricos, o que nem sempre é verdade. Apesar deles ajudarem, e muito, podemos dizer que a configuração do jogo contribui bastante no desempenho individual, principalmente quando falamos da sensibilidade dentro do CS:GO.

É consenso geral que, uma das configurações mais importantes do CS é a sensibilidade, afinal, você deve estar com a mira em dia para jogar em alto nível. Os principais fatores que a influenciam são:

Abaixo enumerarei três dicas para você acertar a mão na hora de escolher sua sensibilidade.


1. Sensibilidade dentro do CS:GO – Como escolher um modelo de mouse – Tipos de Pegada

Na hora de escolher o seu mouse é fundamental olhar  todos os formatos disponíveis no mercado, os tipos de sensores e outras especificações pertinentes. Recomendo conhecer a linha de mouses da ZOWIE, pois estes são os mais usados pelos jogadores profissionais. Acompanhe o vídeo abaixo e entenda a importância dos tipos de pegada

Com o modelo de mouse escolhido, você deve aprender agora a diferenciar DPI, CPI e Hertz.


2. Sensibilidade dentro do CS:GO – Entenda DPI, CPI e Hertz

Antes de começarmos a configuração é importante entendermos as principais unidades e parâmetros de cada equipamento. Falando sobre mouses, os parâmetros mais conhecidos são:

Para DPI recomendo valores menores que 1000. Sobre a frequência, quanto mais rápido menor a latência, ou seja, menos tempo para o mouse responder. Recomendo 1000Hz.

3. Sensibilidade dentro do CS:GO –  Se basei nos profissionais

Apesar de não ser uma regra fixa ela pode te ajudar bastante. Usar as configurações dos profissionais como um norte pode ser um bom caminho a ser trilhado, para isso, separei este link que conta com diversas configurações cadastradas. Procure aquele player que você se identifique ou aquele que jogue com o mesmo equipamento que você.

Algo interessante a ser observado é que a sensibilidade varia conforme a função do jogador, ou seja, para os AWPs vemos sensibilidades mais altas (favorecendo o flick shot) enquanto os assaults geralmente tem umas mais baixas.

4. (Bônus)  – Não troque de configuração toda hora – Treine!

Alterar a sensibilidade e resolução com frequência não é solução para ter uma mira boa e constante. A melhor alternativa neste caso é escolher um setup e mantê-lo por um bom tempo.

Como o FalleN recomenda neste vídeo abaixo, procure treinar e se adaptar a sua configuração antes de pensar em mudá-la. Caso mude, não faça alterações bruscas (ex: trocar sensibilidade de 3.0 pra 1.0), mude de pouco em pouco para sua mente e corpo acostumarem.

Se você curtiu este texto não se esqueça de ajudar a divulgá-lo. Estarei no Twitter e no Youtube esperando vocês caso tenham alguma dúvida.

Se você não viu, eu também fiz um texto falando sobre Como comprar um PC para CS:GO que pode ser muito interessante para você e seus amigos, acessa lá!