Menu

As 10 melhores equipes do mundo no CS:GO

01/10/2018 19:50

Com diversos campeonatos ocorrendo simultaneamente, que nem sempre contam com os mesmos times, tornou-se difícil comparar e apontar as 10 melhores equipes do mundo no CS:GO.

Aqui vamos avaliar os principais torneios do calendário tier 1 para se chegar a um consenso das melhores equipes internacionais. Esta matéria será atualizada e publicada a cada trimestre ou quando eu julgar necessário.

Vamos ao ranking!

1. Astralis [dupreeh, Magisk, Xyp9x, gla1ve, dev1ce e zonic]

Conquistas recentes:

Reconhecida como a melhor equipe do mundo pelos principais analistas internacionais de CS:GO, a Astralis tem confirmado “sua era” na cena competitiva do Counter-Strike.

Com estilo de jogo tático, preciso e racional, os dinamarqueses mostraram no último campeonato Major que eles realmente não estão brincando em serviço, inclusive sustentando estatísticas “bizarras” como “O primeiro 16×0 em um major” em cima do mibr e também uma invencibilidade na nuke nunca antes vista: 18 vezes jogando sem perder nenhuma partida em LAN. Atualmente a invencibilidade está em 20 nukes seguidas.

Vale a pena destacar também a bela fase do jogador dev1ce e o bom retrospecto do time em outras competições. Todos estes fatores garantem a Astralis #1 nesse meu ranking e com espaço para se consagrarem como a equipe mais tática de todo o Counter-Strike Global Offensive.


2. Natus Vincere [s1mple, Edward, flamie, Zeus e electronic]

Conquistas recentes:

Apelidada por mim e por muitos de s1mple Vincere, a Natus Vincere tem evoluído progressivamente nos últimos torneios de CS:GO e, atualmente, está em segundo lugar no meu ranking. Considerada “underdog” por muitas pessoas, a Na’Vi desenvolveu um ótimo ritmo de jogo durante suas últimas competições e se mostrou peça importante no cenário.

Quase um ano após a contratação de electronic finalmente as peças se encaixaram, desenvolvendo uma das duplas mais poderosas do CS:GO atual: electronic e s1mple. É claro que, a “era Na’Vi” está longe de acontecer, visto a inconsistência do coletivo, porém é fato que, se inspirada, a Na’Vi pode derrubar qualquer equipe em qualquer campeonato.

Para os próximos meses vale a pena observarmos as adaptações dessa line up, que terá que se reinventar para permanecer no topo desta lista.


3. Team Liquid [Twistzz, NAF, nitr0, Zews, TACO e Elige]

Conquistas recentes:

Após anos de um projeto mediano, a Team Liquid finalmente se encontrou com o TACO. Considerada por muitos a última esperança do cenário Norte Americano, a Team Liquid tem conquistado bons resultados em seus últimos torneios, o que garante a terceira posição deste time no meu ranking.

Talento e dedicação definem bem a line que possui um estilo de jogo bem parecido com o da Astralis. Elige,  Twistzz e NAF FLY são, disparados, os jogadores de destaque. A semelhança do jogo norte americano com o dinamarquês vem no quesito tático, já que ambas as equipes possuem um setup de AWP atípico que varia nas mãos de qualquer jogador.

Acho difícil termos a Team Liquid top 1 mundial, para mim eles continuarão no top 5 com algumas ocasionais vitórias e subidas nos rankings, ainda faltam títulos para legitimar esse top 3 no longo prazo.

Se tivessem vencido a ESL One NY provavelmente estariam no top 2 em minha lista, porém, após a final MD5 dramática e entregada acredito que o top 3 é honesto.


4. mousesports [suNny, Snax, oskar, chrisJ e ropz]

Conquistas recentes:

O time que “come pelas beiradas”, essa é a forma mais clara de classificarmos a atual fase da mousesports.

Misturando jogadores experientes (Oskar, Snax e chrisJ) com novos talentos (suNNy e ropz) o time internacional tem se reinventado dentro do CS:GO e, com isso, tem saído da sombra da “FaZe Clan” como FaZe sem grife.

Sendo bem sincero não sou de apostar em um top 1 da mousesports. Acredito que eles ocasionalmente conseguirão um campeonato ou outro como foi na ESL One NY. Vale a pena destacarmos recentes bons resultados vs: Gambit, FaZe, Fnatic e Hellraisers.


5. FaZe Clan [karrigan, NiK0, GuardiaN, olofmeister e rain]

Conquistas recentes:

Considerada como uma das melhores line-ups do CS:GO, pelo menos “no papel”, a FaZe Clan vem entregando resultados a desejar nos últimos torneios. Com a má fase durante o campeonato Major, o capitão karrigan até entregou a braçadeira para NiKo, algo que evidenciou ainda mais os conflitos internos do time em sua forma de jogar.

GuardiaN, NiKo e rain são os players de destaque, principalmente quando consideramos o estilo agressivo desse trio. Acredito que nos próximos meses, podemos ter mudanças na line-up e até o possível desligamento do karrigan. Para mim é inadmissível termos o trio mencionado acima perdendo para NRG, BIG e Fnatic em má fase. De fato a FaZe Clan precisa retornar ao não tão longínquo 2017 e meados de 2018.


6. mibr [FalleN, coldzera, Stewie, fer, tarik e YNk]

Conquistas recentes:

Apesar de serem chamados de Made in Brazil somente 3/6 desse time é genuinamente brasileiro. Com alto investimento da Immortals por trás da organização o MIBR ainda não representou tudo que se era esperado desses jogadores, o que tem frustrado bastante os torcedores fanáticos.

É fato que a dinâmica de Stewie, fer e tarik ainda não está perfeita e precisa de aprimoramentos, principalmente no lado TR. Como muitos tem observado a dupla norte americana precisa se sentir mais confortável jogando no sistema estipulado principalmente quando enfrentam as melhores equipes do mundo como Astralis, Na’Vi, mousesports e FaZe.

Considero o futuro muito promissor e com a experiência do YNk, tenho certeza que alcançarão top 3 mundial nas próximas edições. Espero que além disso aprimorem o seu map pool incorporando a nuke e outros mapas não tão explorados. O trio coldzera, FalleN e YNk é vital para esse novo rumo do MiBR.


7. North [aizy, valde, cadian, Kjaerbye, ave e gade ]

Conquistas recentes:

Considerados como ameaça pós DreamHack Masters Stockholm o North voltou de onde nunca havia saído: a mediocridade de sua line-up.

Seguindo a definição do dicionário temos que “medíocre significa mediano, sofrível. É um adjetivo de dois gêneros que qualifica aquele ou aquilo que está na média entre dois termos de comparação , ou seja, que não é bom nem mau, que não é pequeno nem grande etc.”, exatamente o que a North representa no cenário internacional de CS:GO.

Com um apoio invejável do time de futebol F.C. Compenhagen eles ainda não se estabeleceram um estilo de jogo próprio, sendo extremamente táticos em alguns momentos e em outros mais soltos. Mesmo sem essa identidade não deixaram de ser competitivos roubando ocasionalmente um ou outro mapa das principais equipes.

Com a recém saída do MSL e contratação do cadiaN acredito que este time se afundará de vez  no buraco, não retornando tão cedo para os podiums do CS:GO.


8. Ninjas in Pyjamas [dennis, GeT_RighT, Lekr0, f0rest e REZ]

Conquistas recentes:

Considerados por muitos como a Família Real do CS:GO os Ninjas in Pyjamas tem mostrado uma evolução nítida e constante. Após um hiato de 2 anos sem participação em campeonatos Majors os jogadores finalmente conseguiram do jeito mais difícil: passando por extensos qualificatórios onde ser bom no CS não é o suficiente para aguentar a maratona da competição.

É fato que o segredo dessa line-up tem sido a mistura dos veteranos f0rest, GeT_RighT e dennis com os “novatos” REZ e Lekr0. Outro ponto a se destacar é que o capitão da equipe tem sido o Lekr0, para realmente trazer novas ideias para essa base que está a tanto tempo unida e, de certo modo, estagnada no passado recente.

Acredito muito no futuro dessa line-up, para mim eles são um dos times mais promissores deste ranking junto com o mibr.


9. compLexity [dephh, ShahZAM, andr0id, yay, Stanislaw e Rambo]

Conquistas recentes:

Nem o torcedor mais otimista imaginaria a compLexity neste top 10. Após um campeonato Major surpreendente o time chamou a atenção no cenário internacional com um estilo de jogo muito tático e baseado na experiência de stanislaw como IGL.

ShahZaM e yay são os grandes destaques dessa equipe que mistura o cenário americano, inglês e canadense para trazer mais um time NA para a jogada. Particularmente não coloco muita fé neste time que para mim, será mais um “Space Soldiers” no cenário: uma organização que dá medo mas que não participa de grandes torneios e que tem pouquíssimos resultados expressivos.


10. BiG [tiziaN, tabseN, gob b, smooya, nex]

Conquistas recentes:

Sendo uma das equipes menos ativas no cenário internacional podemos dizer que pouca coisa aconteceu na vida da BIG ultimamente.

Jogando 3 campeonatos importantes nos últimos meses destaca-se a atuação mediana na ESL One Belo Horizonte e no Major e a bela campanha na ESL One Cologone, com vitórias em cima de: Liquid, Renegades, MiBR, G2 e FaZe.

Infelizmente também não coloco muita fé nesse time e acredito que sua real posição neste rank é entre a 8ª e 10ª melhor equipe do mundo. Preciso acompanhar mais partidas internacionais para realmente dar crédito às vitorias conquistadas.


Se você curtiu este texto não se esqueça de ajudar a divulgá-lo. Estarei no Twitter, no Youtube e no Instagram esperando vocês caso tenham alguma dúvida.

Eu também fiz um texto dando dicas para Como comprar um PC para CSGO que pode ser muito interessante para você e seus amigos além de outro falando sobre Sensibilidade dentro do CS:GO. Acessa lá!